Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

02
Abr 99

 

 

Corria o ano de 1833. O jovem estudante de Direito, Frederico Ozanam e alguns dos seus amigos, sentiram nos seus corações o desejo ardente de se unirem para o serviço dos pobres.

Cada um, atenta a sua vida profissional e familiar, executava essa tarefa de maneira humilde e discreta. E faziam-no, porque sentiam a necessidade de viver a sua fé cristã, mais por obras do que por palavras.

Nos pobres, imagem visível de Cristo sofredor, este grupo de jovens, reconhecia não só a dignidade dos homens envoltos nas suas misérias e repudiados pelo mundo, como também a dignidade de primazia no reino do céu que as bem-aventuranças lhes conferem.

Os membros da Sociedade de S. Vicente de Paulo, oriunda do sentir e das aspirações de Frederico Ozanam e seus companheiros, ontem como hoje, privilegiam o contacto pessoal com os que sofrem, partilham os bens que Deus lhes emprestou, na medida das suas possibilidades e querer, o seu tempo e presença, de modo a proporcionar-lhes alguns momentos de felicidade e bem estar.

Estas formas de estar e de ser, contribuem decisivamente para o aprofundamento da vida espiritual de quem a elas adere.

Por isso, “se hoje ouvires a voz do Senhor”, não hesites.

As Conferências de S. Vicente de Paulo, masculina ou feminina, receber-te-ão de braços abertos.

 

 

publicado por aosabordapena às 20:48

Abril 1999
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar