Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

02
Jul 01

 

A Mesa duma Conferência Vicentina, como sua principal animadora, é constituída, no mínimo, além do presidente, por um vice-presidente, um secretário e um tesoureiro.

É dever do vicentino aceitar o cargo para que foi eleito ou designado, salvo motivo ponderoso, exercendo-o em espírito de serviço à Sociedade e de dedicação pelo próximo.

Servir e espírito de caridade, são assim o motor que deve impulsionar os vicentinos no sentido de, através da acção, atingir os objectivos últimos da Sociedade de S. Vicente de Paulo e que se traduzem numa preocupação constante para que os entraves à justiça social, as misérias da fome e da guerra, os sofrimentos causados pelo subdesenvolvimento sejam, senão eliminados, pelo menos minorados, mesmo quando ocorram a grandes distâncias.

A dimensão do que é hoje “o nosso próximo” é muito mais vasta do que literalmente se pode deduzir.

O terceiro mundo, com toda a avalanche de problemas que enfrenta, não pode ser ignorado pelos vicentinos.

A participação em obras de cooperação com as jovens comunidades cristãs, seja através dos missionários que nos países lusófonos se debatem com falta de meios, seja directamente através das conferências vicentinas locais, é uma expressão da vocação vicentina que urge implementar. Aqui fica o desafio.

 

publicado por aosabordapena às 20:25

Julho 2001
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar