Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

03
Abr 05

 

Como já vem habitual na quadra pascal, o Conselho Central Diocesano da Sociedade de S. Vicente de Paulo, procedeu à distribuição de cabazes contendo bens essenciais ao folar de 27 famílias carenciadas da nossa cidade.

Com este gesto, quiseram os vicentinos com o seu esforço e boa vontade, aliados à generosidade dos seus benfeitores, nestes incluindo, de modo muito especial, a comunidade da Paróquia de S. Tiago, que de forma exemplar correspondeu ao apelo que lhe foi lançado no período quaresmal, no sentido de uma vivência cristã materializada na prática activa da caridade, procurar minorar o sofrimento daqueles que mais precisam, dando-lhes alguns bens que possam contribuir para tornar a sua Páscoa mais feliz e consentânea com o verdadeiro espírito pascal.

Com efeito, os vicentinos como é próprio do seu carisma e à semelhança dos discípulos de Emaús, procuram reconhecer, aquando do contacto pessoal, Cristo Vivo e Ressuscitado nesses irmãos que balbuciam palavras de agradecimento e reprimem, por vezes, lágrimas que teimosamente tendem a aflorar.

Na alegria deste pouco dar e muito receber, está a recompensa do Senhor.

 

 

 

publicado por aosabordapena às 15:06

02
Abr 05

 

 

Dia 2 de Abril de 2005, primeiro sábado do mês. São 20 horas e 37 minutos, hora de Portugal Continental. O “atleta de Deus”, o “guerreiro de Deus”, acaba de transpor a última barreira terrena.

Serenamente, morreu em paz, aquele que ao longo da vida lutou pela paz, pelos direitos humanos, pelos mais desfavorecidos.

Karol Wojtyla, “ a voz dos que não tinham voz”, o apóstolo incansável apaixonado por Cristo, o homem do diálogo e da reconciliação, deixou-nos aos 84 anos.

No meu silêncio, fico em respeitoso recolhimento, emocionado e comovido como ficou todo o mundo e escuto as primeiras palavras como Papa: «Não tenham medo. Abram a porta a Cristo e à Igreja».

Sua Santidade o Papa João Paulo II «voltou para a Casa de Deus».

No nosso coração, fica a saudade, o seu testemunho de fé inquebrantável, a sua coragem, especialmente revelada nos momentos mais difíceis e dolorosos da sua vida. A certeza de que lá do Alto, continuará a interceder pela sua amada Igreja.

publicado por aosabordapena às 18:16

Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar