Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

14
Mai 08

 

 

O nosso Deus é um Deus de silêncio, um Deus que cala. Não felicita nem reprova. Parecendo ausente, mas sempre presente.

Chove, neva, o dia amanhece e a noite paira sobre a terra. As árvores crescem, as flores murcham. O homem faz a guerra. A vida e a morte acontecem. As crianças sofrem. A fome e as doenças alastram.

E o nosso Deus onde está? Será que se esqueceu de nós?

Não fora a certeza da Fé, face às contrariedades da vida e à nossa limitada compreensão dos acontecimentos e situações, por certo, já O teríamos abandonado e fugido como fizeram os Apóstolos no Jardim das Oliveiras.

Na hora em que mais precisava de conforto, Jesus sentiu o sabor amargo da solidão e a ausência do Pai.

“Nisto começou a sentir-se angustiado e cheio de aflição e exclamou: “sinto uma tristeza de morte. Ó Pai, tudo Te é possível. Afasta de mim este cálice de amargura. No entanto, não se faça a minha vontade, mas sim a tua”. “Meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?”.

Nestes momentos de dor, Jesus experimentou o sentir e o saber da fé.

Ele sabia que o Pai estava com Ele, que nunca o abandonaria. Comovido pela sua fidelidade e obediência, o Pai enviou “um anjo do céu que veio dar-lhe forças”.

Também nós, nos sentimos por vezes sós e marginalizados. E nessas ocasiões, como é reconfortante sabermos que Jesus é um suave bálsamo que adoça a nossa amargura, um colete de salvação que nos garante segurança e alento.

Como o salmista, também nós, peregrinos, sentimos saudades do Deus que nos criou, que é o nosso Senhor, mas que não conhecemos. Resta-nos a esperança de que um dia veremos o Seu Rosto.

Enquanto tal não acontecer, ao optar por Jesus nossa garantia e certeza em Fé traduzida, não nos equivocámos. Acertámos.

Ajoelhados na noite da fé, acreditamos em Ti, Deus do silêncio, nosso refúgio e conforto.

“Por que hei-de estar desanimado e preocupado?” (Salmo 42)

                                                                                              

 


Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
17

18
19
20
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar