Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

27
Jan 05

 

Fins de Dezembro de 2004. O mar rugiu e as águas, na sua voracidade, galgaram a terra, provocando uma imensa catástrofe no sudeste asiático: 157.000 mortos e 5 milhões de desalojados.

No meu silêncio … ouço gritos lancinantes de dor, angústia e terror e, medito nas palavras do Salmista: «Diante de Ti, Senhor, a minha existência é como nada».

E, escuto-Vos, Senhor. Tentando perceber e perceber-me, debruçado sobre a insignificância humana e o quão a vida é efémera, fico a cismar … a cismar…

publicado por aosabordapena às 12:38

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar