Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

18
Dez 99

 

 

 

O Ano Santo da Encarnação terá a sua abertura na missa da Noite de Natal (24/12/1999) e o seu encerramento será na festa da Epifania no ano 2001 (06/01/2001).

O Ano Santo, que na linguagem canónica se chama Jubileu, consistia, na tradição bíblica, num ano de vida especial.

Assim, conforme o livro do Levítico, 25, 8 e ss, era proclamada no país a liberdade de todos, cada um recuperava a sua propriedade e esta voltava para a sua família. O trabalho normal do dia a dia não se efectuava. Havia o compromisso de não prejudicar os outros e o dever de proteger o irmão decaído e empobrecido, mesmo que ele fosse um estrangeiro ou peregrino. As dívidas eram perdoadas.

O Jubileu era pois, uma instituição de grande valor social. No ano jubilar, deviam ser libertos os presos e os escravos e certos bens imóveis deviam voltar ao primeiro dono, evitando-se assim a acumulação nas mãos de um pequeno número de indivíduos.

Na história da Igreja o jubileu foi instituído pelo Papa Bonifácio VIII, mas com fins puramente espirituais, no ano de 1300. Eram então obrigatórias visitas às Basílicas de S. Pedro e S. Paulo e era celebrado de cem em cem anos.

Em 1475, o Papa Sisto IV determinou que o Ano Santo se celebrasse de 25 em 25 anos, desde a festa de Natal até igual festa do ano seguinte.

O Ano Santo de 2000, cuja celebração constitui para nós uma generosa dádiva do Senhor, é um “ano de graça” e um “ano de misericórdia” no qual somos chamados a acolher a sua Boa Nova e a converter-nos a Deus.

Procuremos pois vivê-lo intensamente, reconciliando-nos com Deus, que na sua infinita misericórdia, pôs à nossa disposição o dom da indulgência. Pela indulgência, é concedida ao pecador arrependido, a remissão da pena temporal devida pelos pecados já perdoados quanto à culpa.

Não desperdicemos pois esta graça especial que Deus nos deu e, recordemos com mais intensidade durante este Ano Jubilar, os pobres e os marginalizados, contribuindo objectivamente e com generosidade para que eles, símbolo de Cristo vivo na terra, vivam este ano com mais conforto.

Que o espírito natalício e solidário que neste especialmente nos envolve se prolongue ao longo deste Ano Santo, são os votos que formulamos.

 

publicado por aosabordapena às 15:42

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 1999
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar