Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

23
Mar 08

 

Sendo a Quaresma, um tempo “forte” de oração, propício a privações e à prática duma caridade mais diligente, especialmente, em relação aos mais necessitados, é oferecida, a todo o cristão, a possibilidade de se preparar convenientemente para a Páscoa, fazendo um sério discernimento da própria vida, confrontando-a, de maneira especial, com a Palavra de Deus, que ilumina o seu itinerário quotidiano.

Regularizadas as nossas deficiências, renovada a esperança e o propósito de cada dia ir crescendo na fé, tem cabimento o júbilo que inunda os corações na manhã radiosa da Ressurreição.

A natureza já despertou da letargia invernal. Os rebentos e as flores vicejam aqui e além. Cristo, o “renovo maior”, pleno de vitalidade, de promessas cumpridas e dúvidas desfeitas, emerge do sepulcro e dá sentido e razão à razão da nossa fé.

“ O Senhor ressuscitou verdadeiramente!”. É este o grito que acalma a nossa inquietação. O grito que, na boca de S. Paulo, se torna desafio: “Onde está, ó morte, a tua vitória?” (1 Cor 15, 55)

Páscoa é a festa em que a esperança é transformada em certeza. O mundo atolado em dor, morte e pecado, sabe agora, que a dor é redenção, a morte é apenas preâmbulo de ressurreição e a ferida do pecado pode ser curada com a transfusão do Sangue de Cristo na nossa vida, pelo baptismo e pelos demais sacramentos.

Páscoa é, também, tempo de anunciar esta certeza a todos os homens. Madalena viu o sepulcro vazio e correu a avisar Pedro e João. Pedro e João correm ao sepulcro: verificam o facto e acreditam. Madalena vê então o Senhor e diz aos Apóstolos: “Vi o Senhor!” (Jo. 20,18). Os discípulos vêem o Mestre e dizem a Tomé: “Vimos o Senhor!” (Jo. 20, 25). Os dois discípulos de Emaús reconhecem-nO na fracção do pão e regressam a Jerusalém a contar aos outros…

É esta a mensagem que recebemos. É este o testemunho que temos de transmitir.

Celebrar a Páscoa cada ano que passa, é insuflar a alma dum novo impulso vital, impeditivo do desânimo, da descrença, um bálsamo purificador que alivia a vida, até que chegue a nossa Páscoa, rumo à Jerusalém celeste.

O Senhor ressuscitou! Aleluia! Uma Santa Páscoa para todos.

 

        

 

publicado por aosabordapena às 16:50

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar