Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

08
Jan 00

 

 

 

 

 

                          

 

No passado mês de Outubro, o Santo Padre João Paulo II, proclamou como Padroeiras da Europa, Santa Edite Stein, Santa Catarina de Sienna e Santa Brígida da Suécia.

O continente europeu vê, assim, acrescidos aos seus Santos protectores, São Benedito de Nórcia, pai das ordens de monges ocidentais e dos dois irmãos Cirilo e Metódio, apóstolos dos povos eslavos, os rostos femininos acima enunciados.

Com este gesto, pretendeu o Papa sublinhar o grande papel que as mulheres tiveram e têm na história da vida da Igreja e na vida social, de que são as principais obreiras, cujos méritos nem sempre foram reconhecidos e exaltados.

Edite Stein, proclamada santa pelo próprio João Paulo II, era uma mulher de origem hebraica, convertida ao catolicismo e que deixou uma carreira brilhante de cientista para se consagrar à vida religiosa com o nome de Teresa Benedita da Cruz. Morta no campo de extermínio de Auschwitz, “ela é sem dúvida um símbolo dos dramas desta Europa”.

Brígida da Suécia e Catarina de Sienna, que viveram no séc. XIV, dedicaram as suas vidas à resolução dos problemas que afligiam a Europa dos seus tempos.

Brígida, consagrada à vida religiosa, depois de ter sido esposa e mãe feliz, percorreu a Europa, do Norte a Sul, dedicando-se à união dos cristãos.

Catarina trouxe a paz à sua conflituosa cidade – Sienna, na Itália, e conseguiu que o Papa deixasse Avignon, como sede pontifícia e voltasse a Roma.

Os seus exemplos de vida e acção constituem fonte de “inspiração para os cristãos e para as comunidades de todas as crenças e religiões, assim como para os cidadãos e Estados europeus, sinceramente empenhados na procura da verdade e do bem comum”.

Nestes tempos conturbados, em que a Europa continua dilacerada pelas feridas da guerra, pelo ressurgimento de ideias xenófobas, pela atrocidade inaudita das limpezas étnicas, peçamos às novas Santas Padroeiras europeias que influenciem os políticos, no sentido da paz e do bem-estar e conduzam todos os cidadãos europeus à sua renovação moral e cristã.

 

 

 

publicado por aosabordapena às 15:15

Janeiro 2000
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar