Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

20
Abr 12

 

 

 

 

Inebriados

Pela alegria da Ressurreição

«Os que abraçaram a fé

Tinham uma só alma, um só coração».

Era um tempo novo.

Um novo tempo,

Sem fome nem agrura

Com simpatia à mistura.

E, hoje, Senhor?

Nem felizes, nem deprimidos,

Carregamos, doridos,

O fardo da nossa mediania,

O “conforto” da nossa passividade,

Uma vida de melancolia.

Até quando, Senhor?

Neste tempo de precariedade,

De medo e incerteza,

Conforta-nos, Senhor,

A doçura da Vossa Misericórdia,

Caminho de felicidade,

Bálsamo para a ferida,

Raio de luz e de esperança

Na noite escura da vida.

«Uma só alma, um só coração».

Quem dera, meu irmão.

(Act 4, 32,33)

 

 

 

publicado por aosabordapena às 18:26

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar