Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

10
Mai 12

 

 

 

 

Rostos sombrios

Deambulam pela cidade,

 Muitos mendigos,

De olhares vazios

São elos partidos

Da sociedade.

 Há desespero no olhar

E lágrimas ao anoitecer.

Há empregos perdidos

Vidas desfeitas,

Corações feridos

Vidas por acontecer.

Como Job sofredor

Perante a dificuldade, dizemos,

A nossa esperança está no Senhor.

«Ele restituirá ao homem a sua justiça»,

Livrá-lo-á da humilhação,

Repor-lhe-á a dignidade

«E aos governantes tirará a razão».

(Jb 12, 24; Jb 33,26)

 

 

publicado por aosabordapena às 23:10

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
18
19

21
22
23
24
26

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar