Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

02
Abr 15

 

missa.jpg

 

 

Era tempo da Páscoa.

As famílias celebravam

Os dias da libertação.

A noite era diferente

Era a noite do Seder Pascal

Refeição solene, memorial,

De súplica e agradecimento.

Na mesa, cordeiro assado,

Pão ázimo

Que a pressa não deixou levedar,

Ervas amargas, haróssset saborosa

E quatro taças de vinho

Para acompanhar.

“Ao cair da tarde”

Jesus toma lugar à mesa

E com os discípulos

Inicia solenemente

A celebração da Sua Páscoa.

Era uma refeição especial

“Desejada ardentemente”

Refeição de muitas emoções,

De amor nos corações.

Há dúvidas, incertezas

Os últimos ensinamentos

Uma despedida sentida

Intensamente vivida.

Então, Jesus, emocionado

Interrompe o ritual.

Toma o pão e o vinho,

Pronuncia a bênção

E para sempre

Seu Corpo e Sangue

São alimento espiritual.

É a completa doação,

Acto supremo de amor

Generoso, integral.

“ Ó Cruz bendita, só tu nos abriste

 Os braços de Jesus, o Redentor.”

 

 

 

 

 

publicado por aosabordapena às 10:16

Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar