Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

15
Dez 05

 Na noite de Consoada, um grande número de católicos vai à missa da meia-noite: uma celebração que tem o curioso nome de “Missa do Galo”.

Algumas fontes dizem que tudo começou porque houve tempos em que cada família levava, debaixo do braço, um galo já morto, para esta missa da meia-noite.

No Ofertório, punham o animal na cesta dos pobres e, deste modo, também as famílias com mais dificuldades poderiam ter uma Consoada farta e feliz.

O mais curioso, porém, é que, na província, os agricultores se habituaram a levar para a Missa um galo vivo: acreditavam que se o galo cantasse durante a celebração, a colheita seria fecunda.

Hoje já ninguém leva galo vivo ou morto. Mas a Missa do Galo mantém-se, para celebrar o nascimento de Jesus Cristo Salvador.

publicado por aosabordapena às 18:10
tags: ,

Março 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

A Missa do Galo

subscrever feeds
as minhas fotos
As minhas visitas
counter customizable Exibir My Stats
mais sobre mim
pesquisar