Um singelo espaço de reflexão pessoal. Lugar de afectos, espiritualidade e outras coisas da vida.

02
Mar 19

HPIM0427.JPG

 

 

Já não se ouve o rufar dos tambores

E o chocalhar dos caretos.

Os foliões, felizes e cansados

Regressaram a casa.

E um anoitecer

Frio e pardacento

Invadiu as ruas da cidade.

Há calma, tranquilidade.

Podemos dormir descansados.

O diabo já foi queimado.

O Porto – Benfica vai começar

E o festival da canção não tarda

A acontecer.

A vida não para. Voa como o vento.

A quaresma está à porta.

É imperioso caminhar, não perder tempo.

Um dia iremos chegar

Quando Deus nos quiser levar.

 

 

publicado por aosabordapena às 20:38

Fevereiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar